Conecte-se conosco

Decoração

Mesas e cadeiras para bar: 5 fatores que você deve considerar ao escolher

Escolher mesas e cadeiras para bar é uma etapa mais do que fundamental na concepção de um projeto encantador para o seu negócio. Isso porque o mobiliário representa uma grande parte do espaço de seu estabelecimento e pode servir também para atrair mais clientes.

Certamente, a beleza é um fator que deve ser levado em conta, mas você não pode se esquecer da ambientação e da organização geral do lugar. Nesse sentido, conforto e praticidade também precisam ser considerados.

Por isso, continue a leitura e entenda como a escolha do mobiliário do seu estabelecimento faz toda a diferença na atração de clientes. Boa leitura!

Qual é a importância de escolher mesas e cadeiras para bar?

Antes de encontrar as respostas para essa pergunta, pense um pouco: o que você procura quando vai a um barzinho com os amigos? Além da boa comida e de ótimas opções de bebida, você deseja se sentir bem no ambiente, não é mesmo? Afinal, você saiu de casa para relaxar e ter um momento de lazer.

Geralmente, a maioria dos clientes quer ter experiências que os motivem a voltar ao estabelecimento. Quando as pessoas entram em um ambiente, elas querem se sentir acolhidas — com a certeza de que escolheram a melhor alternativa.

Essa sensação, é claro, também se relaciona com diversos outros aspectos, como um bom atendimento, preços competitivos, e assim por diante. No entanto, as mesas e as cadeiras são a “cara” de seu estabelecimento.

São elas as responsáveis por compor uma parcela considerável da comunicação visual que você faz com a clientela. Também são essas peças que dão o conforto para o consumidor se sentir bem e permanecer no local.

Ou seja, o mobiliário carrega uma importância sem tamanho que alia estilo, funcionalidade e estratégia ao ambiente. Sendo assim, é imprescindível escolher com o máximo de cuidado, já que pode ser o seu maior diferencial em relação aos concorrentes.

Quais fatores considerar na hora da escolha?

Atrair a clientela para sua loja pode não ser a coisa mais simples de se fazer e, por isso, separamos algumas dicas a seguir para você planejar a ambientação ideal para o seu estabelecimento. Veja só!

1. Conforto

Você se imagina sentado por horas em uma cadeira excessivamente dura? Gostaria de comer e apoiar seu copo em uma mesa que fica balançando e não dá estabilidade? Como se sentiria se ficasse sentado em uma altura muito abaixo do balcão?

Para evitar esses incômodos para os seus clientes, pense, teste e se certifique de que o conforto está presente em sua mobília. Sem esses cuidados, a tendência é de que as pessoas não voltem ao seu estabelecimento porque tiveram uma má experiência durante o tempo em que passaram ali. Verifique também a relação de altura entre os móveis, os estofados, encostos etc.

Cadeiras e sofás estofados estimulam os clientes a permanecerem por mais tempo no estabelecimento. Utilizar as peças em um bar é uma ótima escolha, pois o consumo de alimentos e bebidas no local é frequente.

Por outro lado, estabelecimentos com o ticket médio muito baixo devem cogitar outras estratégias, a fim de aumentar a rotatividade da clientela. Nesses casos, a longa permanência e o baixo consumo são prejudiciais para o andamento do negócio.

Lembre-se: se sentir confortável é algo subjetivo, que varia muito de pessoa para pessoa. Porém, isso não quer dizer que não seja possível encontrar um padrão que sirva para a maioria dos consumidores. Se preocupar com a acessibilidade também é um grande diferencial para a sua loja!

2. Estilo

Quando falamos sobre a ambientação, o estilo é um quesito implícito. Qual é a mensagem que você deseja passar com a decoração do seu bar? Você tem um público-alvo definido? Há uma preocupação em ser temático e/ou criar uma identificação cultural com algum tipo específico de culinária?

Saiba que a estilização vai muito além de cores e revestimentos — ela deve estar contida em todo o ambiente. Por isso, tenha certeza de que o layout das mesas e das cadeiras combina não apenas entre si, mas também com o restante do local: enfeites, fachada, pintura, design, etc.

Pense, sobretudo, na composição do projeto. Por exemplo, mesclar alguns materiais de móveis é uma alternativa interessante que destaca o estilo do seu bar. Lembre-se de que a composição deve estar em equilíbrio para não cometer exageros.

3. Funcionalidade

Pensar em funcionalidade é imprescindível quando falamos em cadeiras e mesas para bar, já que elas podem oferecer diferentes aplicações em termos de usabilidade, modificando o uso, a dinâmica de atendimento, entre outros aspectos. É válido, inclusive, ter um pouco de ousadia nesse quesito, para agregar mais valor ao seu negócio.

Por exemplo, mesas com apoios adicionais e compartimentos designados para os utensílios podem facilitar o trabalho de servir. Uma cadeira ou banco com suporte para bolsas também pode enriquecer a experiência de quem frequenta o ambiente.

De qualquer maneira, o projeto visual do seu estabelecimento deve ser pensado sempre de modo a agregar um conjunto de materiais — que devem combinar entre si.

4. Praticidade

Você caprichou no layout, escolheu cadeiras totalmente confortáveis e optou por mesas que têm pequenas divisórias e são mais fáceis de serem organizadas. No entanto, sem pensar na praticidade, esses benefícios não terão muita utilidade.

Considere o momento da limpeza — será que seu mobiliário é fácil de ser remanejado? O ideal é ter mesas e cadeiras para bar com boa mobilidade. Se movimentar os móveis não for algo prático, é bem provável que você e sua equipe percam muito tempo com essas tarefas básicas e rotineiras.

Esse fator também importa muito em situações especiais. Imagine um evento de música ao vivo em seu empreendimento: para organizá-lo, é necessário fazer algumas alterações no espaço. Com objetos leves e práticos, tudo se torna mais viável.

5. Arranjo

O arranjo ou disposição em relação ao espaço também são essenciais para que você escolha as melhores alternativas. Móveis customizados costumam ser melhores para essa finalidade, pois permitem aproveitar ao máximo todos os metros quadrados que compõem o seu bar.

Caso não haja uma relação perfeita entre todos esses elementos, a tendência é ficar com muitos cantos “sobrando” por estarem inutilizados — o que pode ocasionar a perda de oportunidades.

A relação do consumidor com o seu estabelecimento começa antes mesmo de ele entrar e fazer algum pedido. Uma mobília bonita e funcional pode ser um poderoso atrativo.

Dicas extras

Durabilidade

Investir em uma mobília funcional e bonita é importante, mas isso vale pouco quando a qualidade e durabilidade dos móveis não são ponderadas. Afinal, como qualquer outro bem, o investimento nos móveis é importante e deve ser levado em consideração.

Certifique-se de que o mobiliário é composto por materiais extremamente resistentes e duráveis, capazes de suportar a ação do tempo e o uso contínuo — sem perder sua beleza e funcionalidade.

Antropometria

A diferença entre uma cadeira confortável ou não está apenas em um ou dois centímetros de desigualdade na altura ou um grau de erro na inclinação do espaldar, por exemplo.

Portanto, garanta o bem-estar dos frequentadores do seu restaurante, certificando-se de que os móveis atendem à antropometria e a ergonometria, disciplinas que estudam as medidas e proporções do corpo humano, com subsídios para o design dos produtos funcionais.

Matéria-prima

A qualidade do mobiliário para bar é essencial e, por isso, fique atento ao material que é utilizado para confeccioná-lo e verifique com relação à resistência.

Dê preferência a materiais como a madeira e o aço. Uma cadeira em madeira tem excelente durabilidade, além de ser um material nobre. Sua aparência está relacionada ao acabamento escolhido. O aço, no entanto, não oferece a mesma sensação que a madeira, mas atribui um aspecto mais moderno ao ambiente.

Acabamento

Existem diversos tipos de acabamentos capazes de enriquecer o ambiente e a experiência de quem o frequenta. São variadas opções de tecidos para móveis estofados e cores de madeira capazes de transformar o estabelecimento, agregando valor à decoração do local.

O ideal é escolher os acabamentos de acordo com o público frequentador, com o modelo de negócio e o estilo de decoração adotado, para que o mobiliário contribua com a composição do todo.

Mobilidade

O armazenamento é um item que não tem importância quando adquirimos cadeiras para uso residencial, mas que ganha extrema relevância quando se trata de um estabelecimento comercial, como lanchonetes, bares ou restaurantes.

Nesses ambientes os móveis precisam ser deslocadas com frequência, por isso, o mobiliário precisa ser relativamente leve para facilitar a mobilidade. Opções de cadeiras que podem ser empilháveis, por exemplo, podem favorecer esse aspecto.

Renovação

Outro fator importante quando falamos em mesas e cadeiras para bar é a possibilidade de renovar o ambiente sem ser preciso realizar uma grande reforma. Isso porque basta mudar os itens do mobiliário. Assim, é mais fácil acompanhar as tendências e manter seu espaço bonito e funcional.

Para acertar em cheio, que tal ouvir a opinião do seu consumidor de tempos em tempos por meio de uma boa pesquisa de satisfação do cliente? A ferramenta permite saber com exatidão quais investimentos devem ser priorizados e as correções que devem ser empreendidas com urgência.

Para isso, identifique os fatores que definem a decisão do cliente, como decoração, ambiente, conforto do mobiliário, ventilação e iluminação, entre outros aspectos operacionais, como atendimento, higiene, custo-benefício, qualidade dos pratos, cordialidade dos garçons etc. Assim, o seu público vai se sentir mais valorizado, o que aumenta as chances de fidelizá-lo. Afinal, todos nós apreciamos ser levados em consideração.

Como você viu, o mobiliário é extremamente importante para ajudar na construção da identidade de uma marca. Portanto, ao escolher mesas e cadeiras para bar, tenha o máximo cuidado e considere todos os fatores listados. Não há uma fórmula mágica para o sucesso, mas, seguindo essas dicas, com certeza, seu estabelecimento ganhará o destaque que merece.

Se você deseja agregar valor a ele e está em busca de qualidade aliada ao melhor custo-benefício, solicite um orçamento com a Franco Bachot!

1 Comentário

1 Comentário

  1. Pingback: Decoração de bares e restaurantes rústicos: 6 dicas inspiradoras – Blog Servir com Requinte | Franco Bachot Móveis

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Propaganda
Propaganda
Propaganda

Facebook

Mais em Decoração

Copyright © 2017 Servir com Requinte • Franco Bachot Móveis . Desenvolvido por Agência YoOu.

Send this to a friend