Conecte-se conosco

Decoração

Móveis customizados para restaurante: a chave para a identidade do estabelecimento

O design é um dos atributos mais importantes para a construção de uma marca forte. Isso é fácil de perceber se considerarmos logotipos com fontes exclusivas, como o da Disney e o da Coca-Cola. Qualquer palavra escrita com essas letras remeterá imediatamente às suas respectivas marcas, pois o efeito da unicidade é capaz de criar conexões diferenciadas com o consumidor. O mesmo acontece com móveis personalizados para restaurante.

Vamos entender, então, por que esse cuidado é tão importante e como um mobiliário exclusivo pode reforçar a identidade do seu negócio e a preferência dos clientes! Boa leitura!

O poder do design sobre os clientes

O design abrange variadas funções, técnicas, valores, atitudes e ideias, influenciando nossa experiência e a percepção sobre o que nos rodeia. Assim, as escolhas sobre o espaço do seu restaurante terão um efeito significativo sobre as preferências dos consumidores.

Basicamente, três fatores influenciam o processo de criação de móveis customizados: as ideias do designer, a viabilidade tecnológica da fabricação e as necessidades do usuário — no caso, o seu cliente. No design estratégico, a forma tem a finalidade de comunicar funções práticas, simbólicas ou estéticas.

Por exemplo: uma cadeira pode passar a mensagem de ser confortável, permitindo a permanência por um longo período, enquanto sua beleza retrata a sofisticação do ambiente. Ao mesmo tempo, ela reforça algum aspecto da identidade do lugar — se for um restaurante de estilo clássico, por exemplo, marcado pela elegância e pela sofisticação, essa cadeira deverá ter formas sinuosas e muitos detalhes esculpidos.

Como se pode perceber, o efeito de um design estratégico é fundamentalmente emocional: ele permite ligações agradáveis com os clientes por meio de todo o prazer proporcionado. Essa emotividade não é apenas uma forma poderosa de facilitar conexões significativas, mas também um meio eficaz de se diferenciar dos concorrentes.

O design e a concorrência

Existe um congestionamento de marcas tentando chamar nossa atenção. Por que o consumidor deveria escolher o seu restaurante e não outro? Em um mercado saturado, as pessoas precisam se apaixonar pela sua marca, confiar nela e acreditar em sua superioridade.

À medida que a concorrência cria uma infinidade de opções, é preciso buscar diferentes formas de estabelecer vantagem competitiva. Assim, não basta ser diferente. É preciso demonstrar essa diferença e facilitar a vida dos clientes na hora de entendê-la.

Nesse sentido, é muito importante ter respostas claras para as seguintes perguntas: que personalidade o seu restaurante representa? Quem precisa saber? Como vai descobrir isso? Por que esse público deve se importar?

Essas respostas deverão nortear toda a comunicação do seu restaurante por meio de imagens, linguagens e associações diversas. Cada ponto de contato é uma oportunidade para aumentar a consciência da marca e promover a fidelidade do cliente — inclusive o mobiliário.

A integração total ao ambiente

Cada projeto de ambientação deve priorizar peças únicas, que expressem suas próprias identidades e, ao mesmo tempo, contribuam para um todo complexo, mas coerente. O designer terá em mente um contexto para cada peça que produzir, e essa percepção é fundamental para a tomada de decisões.

Assim, o mobiliário deve satisfazer e estimular a experiência sensorial do cliente por meio de diferentes texturas, cores e revestimentos, além de se integrar também à acústica do local. Até mesmo o odor exalado por um móvel deixa uma impressão de personalidade que deve ser considerada. Compreender o processo de seleção, composição e combinação dos materiais é essencial nessa área.

O efeito que se deseja criar é igualmente importante: espaços vazios podem ser ocupados com móveis organizados em diferentes configurações, de modo que cada um garanta uma personalidade e uma identidade distintas — formal ou informal, tranquila ou vibrante, prática ou romântica.

Outra vantagem é a possibilidade de explorar ao máximo o espaço disponível, já que os móveis serão projetados sob medida. Assim, será possível evitar espaços ociosos que geram prejuízos e garantir a circulação de garçons e clientes de maneira eficiente, sem prejudicar a mobilidade.

Nesse sentido, é importante que o designer conheça as demandas próprias de um restaurante, com as devidas referências de tamanhos e medidas.

A utilização de móveis personalizados para restaurante

Em primeiro lugar, você precisa ter clareza sobre a identidade que deseja transmitir no seu estabelecimento. Estude os concorrentes para entender o que, de fato, pode ser explorado como diferencial.

Depois, contrate um especialista capaz de transpor, para o desenho do ambiente, as impressões e sensações que você deseja provocar em seus clientes. A partir desse projeto, será possível determinar que tipos de conceitos, cores e formas devem ser empregados no mobiliário.

É importante que os móveis sejam compatíveis com a paleta de materiais das paredes, do piso e do teto, além de outras peças selecionadas dos catálogos dos fabricantes. Uma vez que os conceitos de projeto foram propostos e aceitos, o designer de interiores começará um rigoroso processo de avaliação dos materiais selecionados e de suas propriedades estéticas e funcionais, que incluirá questões de composição, durabilidade e sustentabilidade.

Não se pode esquecer, inclusive, dos cuidados de proteção ao meio ambiente: aceitar apenas madeiras de origem certificada e priorizar bens recicláveis, com baixo custo, economia de materiais e racionalização dos componentes.

Assim, ao empenhar-se em proporcionar soluções de design arrojadas e facilitar conexões emocionais com o consumidor, os designers devem desenvolver móveis relevantes para o negócio e éticos do ponto de vista social.

Vale ressaltar que as novas tecnologias de projeção e construção dessas peças permitem que o designer explore e experimente formas, materiais e métodos de fabricação sem grandes limitações, viabilizando ainda mais a transmissão dos efeitos desejados. As máquinas digitais não preferem o que é simples e repetitivo e nem temem o que é complexo e único: a possibilidade de inovação é garantida.

Definitivamente, valorizar móveis personalizados para restaurantes é garantir a competitividade e o desenvolvimento do negócio — desde que o trabalho seja realizado por profissionais competentes, capazes de adequá-lo às necessidades do mercado, aos recursos da empresa e às metas a serem alcançadas.

Se quiser saber mais sobre o assunto, assine a nossa newsletter e descubra como podemos ajudar você nessa tarefa! Vamos lá!

1 Comentário

1 Comentário

  1. Pingback: Decoração de bares e restaurantes rústicos: 6 dicas inspiradoras – Blog Servir com Requinte | Franco Bachot Móveis

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Propaganda
Propaganda
Propaganda

Facebook

Mais em Decoração

Copyright © 2017 Servir com Requinte • Franco Bachot Móveis . Desenvolvido por Agência YoOu.

Send this to a friend