Conecte-se conosco

Gastronomia

Restaurante de alto padrão: confira as principais características

Existem diversos tipos de estabelecimentos no setor da alimentação. Dentre eles, o restaurante de alto padrão se destaca por proporcionar uma experiência diferenciada aos seus clientes. Afinal, quem busca por esse tipo de restaurante espera mais do que saborear uma boa refeição.

Esse tipo de público é, essencialmente, o mais exigente do ramo alimentício. São pessoas de poder aquisitivo mais elevado e com expectativas rígidas. A qualidade é a principal exigência delas. Tudo deve ser feito da forma mais próxima da perfeição possível para garantir uma experiência positiva ao cliente.

Por isso, é muito importante ter atenção a alguns detalhes. Neste texto, você vai conhecer quais são os principais deles e como fazer para garantir que o seu restaurante ganhe o status de alto padrão. Portanto, acompanhe e boa leitura!

Atendimento personalizado

O bom atendimento é um requisito básico em qualquer estabelecimento comercial. Entretanto, em um restaurante de luxo, o grau de exigência é maior. Portanto, é preciso ir além de ter funcionários educados e de tratar os clientes com cordialidade.

O ponto de diferenciação está na personalização do atendimento. Comece tendo um serviço de recepção eficiente. Os profissionais dessa equipe devem ser empáticos e simpáticos. Assim, devem entender as necessidades individuais de cada cliente e encontrar as acomodações mais adequadas.

Já as equipes envolvidas com o atendimento direto aos clientes — como os garçons e sommeliers — devem ser ágeis, pacientes e atenciosas. A empatia também é fundamental para garantir o tratamento adequado a cada cliente. Afinal, cada pessoa prefere ser atendida de uma forma e isso influencia na experiência dela.

Em determinados casos, a presença do chef à mesa pode ajudar a tornar o momento ainda melhor. De forma bastante cortês, ele pode explicar um pouco sobre o desenvolvimento do prato que será servido e dar atenção aos presentes. Isso ajuda a aumentar a sensação de importância e exclusividade desses clientes.

Equipe altamente treinada

Para garantir um atendimento adequado ao seu público, você terá que investir na qualificação constante de seus funcionários. Alguns treinamentos são indispensáveis, outros podem acrescentar um diferencial ao seu restaurante. Veja alguns exemplos:

Treinamentos comportamentais

Os treinamentos comportamentais podem ser generalizados ou setorizados. De uma forma ou de outra, todos os funcionários precisam receber esse tipo de treinamento.

Entre os principais, estão aqueles direcionados às orientações sobre como os profissionais devem se portar diante dos clientes. Esses devem estar alinhados ao código de ética do estabelecimento e representar a imagem que ele pretende passar a seus clientes.

Outro tipo bastante comum são os treinamentos direcionados a cada cargo. Afinal, existem diferenças no comportamento esperado de um garçom e de um ajudante de cozinha. Alguns terão mais contato com os clientes, outros, nem tanto. Porém, todos precisam saber como se comportar para transmitir a imagem correta.

Treinamentos técnicos

Os treinamentos técnicos proporcionam uma melhoria na qualidade de tudo o que é oferecido no restaurante. E todas as áreas podem se beneficiar disso.

A equipe da cozinha, por exemplo, pode descobrir novas formas de trabalhar com utensílios e ingredientes e desenvolver novas receitas. A equipe de atendimento pode aprimorar a qualidade do suporte por meio de novas técnicas. A equipe de limpeza pode descobrir formas mais fáceis de manter o ambiente mais limpo e organizado.

Enfim, existem treinamentos técnicos para todos os cargos e o restaurante deve se aproveitar disso para buscar o aprimoramento constante. A manutenção do alto padrão requer tal medida.

Cardápios criados por chefs renomados

O público de alto padrão é bastante exigente quanto à reputação dos restaurantes que frequenta. Por isso, um dos principais critérios adotados por eles para decidir onde farão sua refeição é justamente qual chef assina o cardápio.

Chefs renomados têm uma carreira sólida e uma reputação fortemente construída. Muitas pessoas visitam restaurantes novos exclusivamente para experimentar um prato criado por eles.

Portanto, ao ter um cardápio criado por um chef renomado, seu restaurante se beneficia de sua fama e de seu público cativo. Além de ser uma excelente forma de captar clientes, também é uma garantia de qualidade que é atrelada ao nome do seu estabelecimento.

Boa iluminação e acústica do ambiente

A decoração de um bom restaurante de luxo também precisa ser diferenciada. Boa parte disso está ligada à iluminação correta. Por isso, é importante contar com um profissional de arquitetura ou design de interiores para criar o ambiente perfeito.

Em geral, esse tipo de restaurante requer uma iluminação que proporcione um local mais aconchegante. Luzes indiretas e destaques para algumas peças da decoração podem proporcionar uma sensação mais agradável para seus clientes.

Além disso, a acústica do local é fundamental para compor uma experiência positiva. Afinal, as pessoas não vão a restaurantes assim para ouvir as conversas das outras mesas. Com um bom projeto acústico, é possível minimizar esse problema.

Dessa forma, aumenta a sensação de privacidade dos clientes, além de diminuir o volume de ruídos, principalmente em momentos de casa cheia.

Conforto

De nada adiantará garantir todos os pontos citados até aqui se a pessoa não se sentir confortável em seu restaurante. Pense que ela passará algumas horas sentada à mesa. Se algo a estiver incomodando, ela provavelmente não voltará e ainda poderá fazer uma propaganda negativa do seu estabelecimento.

O principal fator que influencia nessa percepção está na escolha dos móveis. Por isso, confira algumas dicas importantes para não errar.

Escolha os tipos de móveis adequados à proposta do seu restaurante

Cada tipo de restaurante requer móveis específicos. Mesmo dentro da proposta de alto padrão, eles podem ter diversas temáticas. Por exemplo, a decoração de um restaurante japonês é bastante diferente da decoração de um restaurante italiano.

Além disso, os móveis podem ajudar a aumentar a sensação de intimismo, como é o caso de alguns modelos de booths. Ou podem conferir um momento mais descontraído, como os bancos para balcões em ambientes de espera.

Escolha o material e o acabamento com cuidado

O material utilizado para a confecção e para o acabamento dos móveis é determinante para a satisfação do cliente. Alguns móveis de madeira podem atribuir uma impressão mais rústica e saudosista. Outros podem ser bastante sofisticados e modernos. O importante é que eles transmitam a mensagem correta.

Além disso, o material do acabamento define a percepção imediata do cliente — tanto a visual quanto a sensorial. Para restaurantes em que o cliente permanecerá por horas, é fundamental que as cadeiras, os sofás e os demais móveis de assento sejam estofados.

Outro ponto importante é que sejam resistentes e de fácil limpeza. Assim, terão maior durabilidade e não será necessário realizar a troca em pouco tempo.

Enfim, para garantir que o seu estabelecimento tenha todas as características de um restaurante de alto padrão, é importante garantir todos esses pontos, ressaltando que é essencial adquirir os móveis de uma empresa experiente e confiável.

Se você gostou das dicas, assine a nossa newsletter e acompanhe outras publicações que ajudarão você a atrair mais clientes para o seu estabelecimento!

Baixe o e-Book grátis!

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Propaganda
Propaganda
Propaganda

Facebook

Mais em Gastronomia

Copyright © 2017 Servir com Requinte • Franco Bachot Móveis . Desenvolvido por Agência YoOu.

Send this to a friend