Conecte-se conosco

Decoração

Restaurante aconchegante: 4 maneiras de transformar o seu estabelecimento

Ter um restaurante aconchegante e encantador é o objetivo de qualquer proprietário. Afinal, ao reunir essas duas virtudes, um estabelecimento tem maiores chances de cativar os clientes, fidelizando-os a partir de uma boa experiência.

Pensando nisso, elaboramos este artigo com o objetivo de dar algumas dicas práticas para tornar o seu empreendimento ainda mais especial e atrativo aos olhos dos consumidores mais exigentes.

Se você tem interesse pelo tema, leia o texto até o fim!

Por que um restaurante deve ser aconchegante?

Imagine a seguinte situação: depois de uma semana dura e recheada de obrigações, você resolve passar um tempo de lazer com a sua família. Vocês optam por um programa clássico — sair para comer, a fim de apreciar novos sabores e, é claro, não precisar ter trabalho cozinhando.

Imagine que, ao chegar nesse lugar, as cadeiras são desconfortáveis e as luzes são tão fortes que chegam a incomodar os olhos. A comida até que é boa, mas o atendimento deixa a desejar e você se sente desconfortável com a escolha que fez junto aos seus familiares.

Essa situação hipotética serve para ilustrar uma coisa: quando um cliente sai de casa para ir a um restaurante, ele não busca apenas por pratos saborosos — é fundamental que ele tenha uma boa experiência.

Passar por bons momentos em restaurantes, bares e lanchonetes vai muito além de experimentar refeições sofisticadas e afins. Sem o aconchego, você não consegue conquistar os clientes. Lembre-se: oferecer apenas comida é um equívoco que pode prejudicar o andamento do seu negócio.

Como deixar seu restaurante aconchegante?

Felizmente, existem várias formas e técnicas que podem ser utilizadas para fazer de seu restaurante um lugar mais acolhedor. Confira, logo abaixo, algumas dicas e tente aplicá-las em seu empreendimento.

1. Pense na ambientação

Antes de se dedicar aos aspectos mais específicos, é preciso que você conheça melhor o conceito de ambientação. Em termos resumidos, ela envolve todos os componentes que estão inseridos no ambiente do restaurante.

Nos próximos tópicos, falaremos sobre alguns desses fatores separadamente. No entanto, é preciso que você consiga visualizar o todo a ser formado por cada uma dessas partes. Qual é a mensagem a ser passada para a clientela? Há uma identidade cultural ou proposta temática a ser seguida?

Ambientes aconchegantes são aqueles que dão uma permanente sensação de conforto. Sendo assim, o ideal seria proporcionar esse bem-estar a partir de todos os elementos dispostos em seu estabelecimento. Mais do que isso: eles devem harmonizar entre si.

2. Dê atenção ao mobiliário

escolha da mobília é uma etapa essencial na hora de conceber um restaurante aconchegante. Isso não ocorre à toa, já que as pessoas passarão a maior parte do tempo sentadas em cadeiras e comendo em mesas.

Ou seja, é imprescindível aliar a beleza ao lado funcional dos móveis, já que eles representam uma parcela significativa do espaço. Uma mesa instável e uma cadeira com molejo são os primeiros sinais que seu consumidor vai notar.

Por outro lado, se foram customizadas, estiverem em bom estado e combinarem com o restante da decoração, você já está mais perto de cativar e ser bem-visto por quem frequenta o seu estabelecimento.

3. Aposte na decoração

Algumas pessoas acreditam que decorar é um ato fútil ou dispensável. No entanto, a decoração de restaurantes é uma parte mais que importante para fazer com que eles se tornem ambientes agradáveis e atraentes.

A atenção aos detalhes e o cuidado com as cores e revestimentos precisam estar presentes no seu cotidiano como proprietário. Lembre-se: são coisas aparentemente pequenas, mas que podem ser decisivas no sentido de manter ou não um cliente em seu restaurante.

Dessa forma, tenha em mente que você não precisa acreditar em receitas prontas, como extravagância ou minimalismo. Tente entender, sobretudo, a proposta temática e a mensagem que você deseja passar para criar um processo decorativo que se encaixe de maneira única ao seu restaurante. Veja, a seguir, algumas considerações gerais:

  • saiba usar as plantas, de modo que elas não atrapalhem os corredores e as passagens entre as mesas;
  • utilize pequenos objetos visando à otimização do espaço;
  • use velas aromáticas ou semelhantes para perfumar o hall de entrada e a região dos banheiros;
  • procure itens que se associem à gastronomia do local (italiana, japonesa, contemporânea);
  • tente usar, caso combine, itens de madeiras ou bambu;
  • opte por enfeites e peças exclusivas, que não sejam facilmente encontrados em qualquer loja.

4. Cuide da iluminação

Esse é outro aspecto ignorado por muitos proprietários. Acreditar que basta escolher as lâmpadas mais econômicas ou deixar a luz suficientemente forte é um engano. A iluminação pode ser o diferencial que falta para oferecer uma experiência exclusiva aos consumidores.

Isso acontece porque a relação das luzes com o ambiente é delicada, porém decisiva. Faça um teste em sua própria casa: veja a diferença que há entre uma luz amarela e uma luz branca acesas alternadamente em um mesmo cômodo. A sensação de ocupar esse espaço tende a se alterar significativamente conforme a lâmpada muda.

Luzes quentes, como as amarelas e vermelhas, sugerem proximidade e intimidade. As frias, por sua vez, dão um toque sútil de asseamento e modernidade.

Assim sendo, faça testes, não só com as tonalidades, mas também com o posicionamento das lâmpadas em relação às mesas, aos clientes e aos caminhos de passagem.

Peça a opinião de outras pessoas e se certifique de que é possível, mesmo em um ambiente mais escuro, notar todos os detalhes dos pratos. Afinal, a apresentação das refeições é uma parte essencial da apreciação gastronômica.

Qual é o segredo dos restaurantes aconchegantes?

Mais do que seguir essas 4 dicas à risca, os estabelecimentos aconchegantes são aqueles que conseguem integrá-las de maneira harmônica e condizente com a proposta de ambientação.

Por isso, pode-se dizer que o segredo por trás de um restaurante aconchegante é como ele concilia a decoração, a mobília e a iluminação. Uma boa comida também é importante, é claro. No entanto, é preciso fazer com que o consumidor se sinta bem e tenha vontade de voltar ao seu estabelecimento.

Se você gostou desses conselhos, que tal conhecer nosso Guia do bom restaurante? Ele é totalmente gratuito e pode ser o conteúdo que faltava para o seu negócio decolar!

 

 

1 Comentário

1 Comentário

  1. Pingback: 5 dicas de decoração para restaurantes self-service – Blog Servir com Requinte | Franco Bachot Móveis

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Propaganda
Propaganda
Propaganda

Facebook

Mais em Decoração

Copyright © 2017 Servir com Requinte • Franco Bachot Móveis . Desenvolvido por Agência YoOu.

Send this to a friend