Connect with us

Gestão

6 dicas para gerenciar restaurantes de hotéis e encantar os clientes

Gerenciar restaurante de hotéis é um desafio e tanto. Afinal, eles apresentam uma série de particularidades, apesar da grande similaridade com restaurantes comuns. Por isso, é importante conhecer e saber identificar esses pontos para garantir um bom atendimento aos hóspedes.

Neste texto, você vai entender quais são os desafios do gerenciamento de um restaurante dentro de um hotel. Além disso, vai conferir 6 dicas imperdíveis que tornarão o trabalho muito mais fácil. Acompanhe!

Desafios de gerenciar restaurante de hotéis

Gerenciar um restaurante é, por si só, um grande desafio. Quando ele está atrelado a um hotel, esse processo fica um pouco mais árduo. Um dos principais pontos que diferenciam essas duas situações é a condição dos clientes. Afinal, em um restaurante de hotel, o cliente também pode ser um hóspede.

Hóspedes e clientes têm necessidades distintas. Um exemplo simples está no fato de um hóspede ser mais recorrente ao restaurante durante sua estadia. Já um cliente externo pode aparecer apenas uma vez por semana, por exemplo.

Outro ponto de destaque está na associação do hotel com o restaurante. Uma má experiência vivida pode prejudicar também a imagem do hotel. Até porque, para o hóspede, ambos são um único lugar.

Dicas que facilitam o gerenciamento de restaurantes em hotéis

Diante dos desafios apresentados, é preciso fazer com que as coisas fluam bem tanto para clientes externos quanto para os hóspedes do hotel. Portanto, confira essas dicas e veja como o gerenciamento pode ficar muito mais fácil.

1. Treine a equipe para melhor atender os clientes

Um ponto crucial para garantir um bom atendimento é manter a sua equipe sempre bem treinada. Assim, você conseguirá garantir que eles estarão preparados para responder a diversos tipos de situações.

Lembrando que é importante que os treinamentos sejam voltados especificamente para restaurantes de hotéis. Isso é fundamental para direcionar corretamente a equipe em questões de formas de tratamento, cortesia e prestação de serviços diversos.

2. Planeje adequadamente as atividades

Um restaurante de hotel tem o grande desafio de servir não apenas no salão, mas também em outros ambientes do estabelecimento, como os quartos e as áreas de lazer. Portanto, é preciso ter um controle minucioso de todas as atividades para não haver problemas.

Uma boa prática é manter um quadro de tarefas à vista de toda a equipe, com atividades, horários e responsáveis. Dessa forma, é possível garantir máxima organização e qualidade em cada tarefa executada.

3. Ofereça um cardápio variado e balanceado

Algumas pessoas podem ficar hospedadas por um longo período no hotel. Sendo assim, é preciso oferecer uma boa variedade de opções no cardápio para que ela não enjoe facilmente. Ou seja, nada de ter um restaurante temático ou limitado.

Uma mesa de café da manhã farta e variada chama bastante a atenção dos clientes. Da mesma forma, um buffet variado no almoço e jantar ajuda a proporcionar uma experiência mais prazerosa aos hóspedes.

É importante garantir algumas opções para dietas restritivas. Além das pessoas que estão passando por algum processo de reeducação alimentar, há os alérgicos e intolerantes. Sendo assim, tenha sempre opções sem glúten, sem lactose, de baixo nível de gordura e com baixos carboidratos, que são as principais restrições atuais.

4. Realize um bom controle financeiro

Apesar de estar dentro de um hotel, o restaurante tem uma vida própria. Ele precisa se sustentar e ter sua respectiva rentabilidade. Sendo assim, é preciso saber administrar bem as finanças para garantir que ele não acabe em dívidas.

Um artifício que pode fazer uma grande diferença é a utilização de um software de gestão. Nele, é possível controlar todas as entradas e saídas financeiras e, conforme o sistema contratado, também é possível gerenciar o estoque e as pessoas da equipe.

5. Controle o estoque

O estoque de um restaurante de hotel requer uma atenção especial. Afinal, o volume de movimentação é bastante grande ao longo do dia e é preciso garantir que tudo está sob controle. Portanto, a checagem frequente é essencial.

Além disso, é importante garantir um estoque mínimo e controlar os prazos de validade de cada item. Isso ajuda a evitar desperdícios e a proporcionar um cardápio fresco e variado para os hóspedes e clientes externos.

6. Escolha bem os fornecedores

A escolha dos fornecedores influencia diretamente na qualidade das refeições servidas no restaurante do hotel. Isso acontece porque eles são os responsáveis pela entrega da matéria-prima de tudo o que é feito. Desde os ingredientes das receitas até os móveis do salão e alguns itens, como guardanapos e talheres.

Portanto, a atenção deve ser redobrada e alguns pontos devem ser observados:

  • qualidade dos produtos fornecidos;
  • cumprimento dos prazos;
  • preço adequado;
  • disponibilidade para atendimento em situações atípicas.

Dica bônus: a importância do feedback

Por fim, uma dica bônus. Afinal, de nada adianta tomar todas essas atitudes mencionadas nas dicas anteriores se você não souber como o cliente está se sentindo. Muitas vezes, o que você tem mente como algo interessante não é percebido da mesma forma pelo público. Então, é preciso perguntar e pedir sua opinião por meio de uma pesquisa de satisfação.

Confira os principais benefícios do feedback para restaurantes de hotéis.

Identificação dos pontos de melhorias

Esse é o principal objetivo de uma pesquisa de satisfação. Nela, você deve listar os diversos serviços prestados e pedir que os clientes avaliem com uma nota. Alguns itens essenciais dessa lista devem ser:

  • atendimento;
  • refeição;
  • ambiente;
  • agilidade.

Caso você identifique que algum desses itens têm uma nota muito baixa, procure saber com mais detalhes o que tem desagradado os hóspedes e corrija o problema.

Identificação de sugestões dos clientes

Uma estratégia que nem sempre é utilizada em pesquisas de satisfação, mas que é muito poderosa, é a abertura a sugestões. Elas são muito valiosas, já que têm origem justamente em quem você pretende agradar com seus serviços.

Então, é importante deixar um campo aberto na pesquisa de satisfação para que os clientes digam o que gostariam de mudar ou quais novidades gostariam de ter em seu restaurante. É claro que nem todas as sugestões serão aplicáveis. Entretanto, boa parte alimentará boas ideias de melhorias que serão bastante efetivas.

Enfim, gerenciar restaurante de hotéis é desafiador, mas totalmente possível. Basta ter dedicação e trabalhar duro que o sucesso é garantido. Além do mais, depois de ler todas essas dicas, essa tarefa ficará muito mais fácil.

Se você gostou deste conteúdo e pretende aprimorar cada vez mais a sua gestão, confira nosso outro artigo: “Como reduzir custos em restaurante“. Boa leitura!

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Advertisement
Advertisement
Advertisement

Facebook

More in Gestão

Send this to a friend