Conecte-se conosco

Gestão

Reduzir custos em um restaurante: 5 práticas eficazes

Em um cenário em que a economia cresce pouco e os juros de empréstimos sobem para todos, nem sempre é possível aumentar as vendas do seu negócio. As medidas tomadas pelo governo preocupam e, ao mesmo tempo, demonstram a importância de reduzir custos de restaurante.

Contudo, a tarefa de cortar gastos não é tão fácil quanto se imagina. Em tempos de turbulência, é preciso economizar, aumentar o volume de vendas e manter o caixa no azul. Nos restaurantes, tudo isso precisa ser feito sem perder qualidade, pois esse é um dos fatores mais valorizados pelo público.

Continue a leitura e conheça as 5 melhores práticas para reduzir custos em um restaurante. Boa leitura!

1. Avalie as contas do negócio

Para reduzir custos de restaurante, o primeiro passo é avaliar suas contas. É preciso fazer um levantamento de toda e qualquer despesa do estabelecimento. Aproveite para saber quais são os custos fixos e variáveis dele, além de separá-los. Isso demanda tempo e bastante atenção.

Os custos fixos são aqueles que se repetem mensalmente: aluguel do ponto, energia elétrica, água, gás, internet e até os salários dos funcionários. O ideal é que você reúna esses gastos em uma planilha ou documento e comece a avaliá-los. Observe se eles pesam muito no orçamento e negocie valores.

O espaço do seu restaurante entrega menos, mais ou exatamente o que ele necessita? As duas primeiras opções indicam que a escolha de um novo ponto é necessária. Em relação aos demais gastos, verifique quais deles podem ser cortados.

A TV por assinatura, por exemplo, pode ser substituída por som ambiente. Para diminuir os gastos com energia elétrica, sensores de presença podem ser instalados. Em relação à água, uma campanha de conscientização já ajuda bastante.

2. Reduza o desperdício de alimentos

Além de listar as contas e ver o que pode ser cortado, é fundamental olhar para a quantidade de alimentos desperdiçados no restaurante — não estamos falando daquela comida que sobra no prato do cliente. O desperdício começa dentro da sua cozinha e é por lá que ele deve ser evitado.

Para reduzir o desperdício, é essencial descobrir de onde ele vem. Observe quando e em que local o restaurante produz mais lixo. Se ele produz uma grande quantidade de resíduos antes de abrir as portas para o público, isso pode ser um indício de que os processos na cozinha estão mal organizados.

Observe qual é o modo de preparo e de manipulação dos alimentos, veja se ele está favorecendo o aumento da produção de resíduos. Verifique se há algum alimento campeão de desperdícios e use dados para comprar melhor, principalmente aqueles cuja validade é curta.

Para reduzir esse índice — que se transforma em desperdício financeiro —, construa um cardápio que valorize a utilização da totalidade ou, pelo menos, da maior parte dos alimentos.

3. Adquira mobiliário e equipamentos de qualidade

Complementando a dica anterior, os equipamentos podem ser os grandes vilões do desperdício. Freezers e geladeiras com defeito ou regulagem incompatível podem fazer com que os alimentos permaneçam armazenados a uma temperatura incorreta — o que faz com que eles estraguem mais rapidamente.

Além disso, o armazenamento incorreto faz com que os alimentos percam qualidade — tudo o que você não quer no seu estabelecimento, certo? O mesmo acontece com outros equipamentos, como o forno e o fogão. Se eles não fazem o processo de cocção do jeito certo, o resultado fica sempre abaixo do esperado.

Tudo isso pode contribuir com um dos grandes fatores que aumentam os custos em um restaurante: o erro. Pratos errados ou com qualidade abaixo do esperado sempre voltam para a cozinha. Isso gera insatisfação no cliente, que pode não retornar para o seu estabelecimento.

Por fim, vale mencionar o mobiliário, que precisa oferecer conforto e ser, ao mesmo tempo, durável o suficiente para valer a pena seu investimento nele.

4. Invista em marketing digital

O termo “investir” pode soar estranho em um artigo sobre reduzir custos de restaurante, certo? O fato é que, além de colocar as contas no azul, é preciso fazer as escolhas certas para colher os melhores frutos no futuro. Isso significa aumentar as vendas do seu estabelecimento.

O marketing digital é um dos métodos mais baratos e eficientes de divulgação. Criar uma página para o seu restaurante no Facebook demanda tempo, mas o custo é praticamente zero. Nela, você pode compartilhar as novidades do seu negócio, relacionar-se com os clientes e divulgar promoções.

O mesmo vale para outras redes sociais, como o Instagram. Na internet, você encontra vários conteúdos gratuitos que ensinam qualquer pessoa a fotografar com o celular. Esse equipamento, atualmente, chega a ser melhor que muita câmera por aí.

Basta um pouco de técnica para obter resultados surpreendentes. Da mesma forma, uma campanha de e-mail marketing pode atingir o público e aumentar suas vendas.

5. Implemente uma cultura de inovação

Perceba que reduzir custos não é uma tarefa de uma só pessoa. Você precisa do apoio da sua equipe para que esses e outros passos entreguem resultados positivos e deixem a conta do negócio no azul. Por isso, implemente uma cultura que valoriza a economia criativa e a inovação no dia a dia do estabelecimento.

Chame a equipe da cozinha para que, juntos, vocês conversem sobre os alimentos que podem ser aproveitados na totalidade, sem desperdícios. Um nutricionista pode ajudar nesse sentido e, caso você não tenha dinheiro para pagá-lo, proponha um acordo: ele colabora e você o divulga, por exemplo, no cardápio do restaurante.

Convoque os demais funcionários para conversar sobre os gastos com energia elétrica, água e outros. Verifique como os materiais de limpeza estão sendo usados e faça com que os colaboradores proponham ideias para que o desperdício seja evitado. Deixe que todos falem e apontem os vilões dos gastos no negócio e a solução para os problemas.

Todo esforço para reduzir custos de restaurante vale a pena, principalmente se isso evita decisões mais drásticas, como a demissão de pessoal. Deixe isso claro para sua equipe, porém, pense na melhor maneira de explanar a situação — jamais faça isso em tom de ameaça. Apresente a importância dessa redução para o negócio e o futuro de todos.

Gostou dessas dicas? Assine a nossa newsletter agora mesmo e receba por e-mail outros textos como este!

 

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Propaganda
Propaganda
Propaganda

Facebook

Mais em Gestão

Copyright © 2017 Servir com Requinte • Franco Bachot Móveis . Desenvolvido por Agência YoOu.

Send this to a friend