Conecte-se conosco

Gastronomia

Confira os principais tipos de restaurantes e suas particularidades

No momento de estabelecer alguns aspectos importantes para o seu estabelecimento, como a culinária, o estilo de decoração, a forma com a qual vai se comunicar com o seu público, se será fechado ou ao ar livre, entre outros pontos, existe a necessidade de inicialmente conhecer quais são os principais tipos de restaurantes existentes.

Assim, você tem a oportunidade de fazer escolhas mais efetivas e atrair uma parcela maior do público pretendido, trazendo como consequência direta o aumento de seus resultados. Pensando nisso, elaboramos este post para que você saiba quais são os tipos de restaurantes mais comuns, além de conhecer as particularidades de cada um deles. Boa leitura!

1. Bistrô

De início, precisamos entender de onde surgiram os restaurantes bistrôs. Tudo indica que foi na França, em meados do século XIX, em um cenário em que as mulheres precisavam conquistar renda extra com objetivo de sustentar as suas famílias, uma vez que estavam sozinhas para administrar o lar. Outros afirmam que a origem se deu pelo fato de na segunda guerra mundial as pessoas optarem por um estabelecimento onde o prato fosse servido rápido.

No entanto, apesar de haver algumas divergências quanto a sua origem, esse tipo de restaurante nada mais é do que um local com características francesas, com a presença de um chef de cozinha que deixa a sua marca nos produtos da casa, além de ser um espaço pequeno, mas de muito aconchego.

Há alguns locais em que o chef até mesmo conhece as preferências de seus clientes, preparando entregas exatamente ao gosto do freguês. Assim, a experiência se torna rica e única.

2. Bufê

Talvez seja um dos tipos de restaurantes mais populares no Brasil e no mundo. Aqui, a comida é disposta para que os próprios clientes possam servir o prato de acordo com a sua preferência. Tradicionalmente, é muito utilizado no horário do almoço e o público tem a oportunidade de apreciar a culinária que mais o agrada.

Restaurantes bufês, no entanto, devem prezar pela variedade de produtos oferecidos. Há algumas ideias que podem ser aplicadas, como servir diariamente pratos de um país específico com as particularidades de sua gastronomia. Dessa forma, as pessoas se sentem motivadas a se fidelizarem em seu estabelecimento, além de não haver aquela sensação de constante repetição do que é ofertado.

3. Clássico

Os restaurantes clássicos são aqueles que atingiram a excelência no que se propuseram a servir. São muito requintados e, na maioria das vezes, contam com um preço mais alto que o mercado, justamente pela qualidade dos pratos servidos. 

Também contam com uma cartela diversificada de bebidas, permitindo que os clientes harmonizem os principais pratos com os produtos mais recomendados pela casa.

4. Fast foods

Outro tipo de restaurante bem popular em todo o mundo é o fast food. Traduzindo de maneira literal, esses estabelecimentos entregam os produtos de forma rápida e são indicados principalmente para quem está na correria dos grandes centros urbanos. Os produtos mais encontrados nesse tipo de restaurante são:

  • sanduíches;
  • pizzas;
  • batata frita;
  • cachorro quente;
  • esfihas;
  • pratos feitos, entre outros.

Como o principal objetivo é justamente o rápido tempo de preparo, essas redes de restaurantes costumam ter os colaboradores muito bem treinados e específicos em suas funções. O serviço é mais mecanizado para que o alimento fique pronto em um tempo que esteja dentro das expectativas do cliente.

Esse tipo de restaurante se tornou popular em todo o mundo a partir da década de 1970, sendo um símbolo do capitalismo. A partir desse período, diversas marcas começaram a surgir para atender essa demanda em específico.

5. Cozinha autoral

Com a popularização dos programas de culinária no país, a cozinha autoral vem ganhando cada vez mais notoriedade em todo o Brasil, aguçando a curiosidade das pessoas que desejam experimentar os pratos personalizados de cada chef.

A cozinha autoral é justamente isso: um estabelecimento que leva o nome de um profissional renomado que produz pratos próprios e com sua marca, de modo que o cliente tem a oportunidade de conhecer um pouco mais de seu tempero e de suas características.

Muitas vezes os clientes têm a chance de receber sugestões vindas do próprio chef, desde produtos que mais atendam ao seu gosto até aqueles que sejam a especialidade da casa. Não há uma gastronomia específica (italiana, francesa etc.), mas sim aquela que conta com as características do profissional.

6. Comfort food

Os restaurantes do tipo comfort food estão ganhando muito espaço entre a preferência do público. Fazendo uma tradução mais literal, trata-se de uma “comida confortável”. Isto é, aquele prato que permitirá com que a experiência do consumidor remeta a algum tipo de lembrança: seja uma pessoa especial, seja um almoço em família.

Os produtos servidos por esses restaurantes são mais básicos, mas muito bem pensados para que o objetivo seja alcançado com êxito e possa atrair mais clientes. No entanto, ser mais simples não quer dizer que não tenha qualidade. Muito pelo contrário, existe a necessidade de despertar lembranças aos clientes.

Que tipo de comida servir? Desde o clássico arroz com feijão (com um tempero especial), até outros tipos de alimentos que remetam àquele preparo caseiro, como bolinho de arroz, purê de batata, macarrão ao sugo, ou até mesmo opções veganas.

Os restaurantes comfort foods surgiram como uma onda contrária aos próprios fast foods. Há aqueles que acreditam que uma alimentação saudável não está ligada apenas àquilo que se come, mas também com a forma como se alimenta. Assim, é preciso ter mais bem-estar no momento de degustar os alimentos, além de contar com uma qualidade mais ampla.

Neste conteúdo, você pôde conhecer os principais tipos de restaurantes existentes no Brasil e no mundo. Ao definir aquele mais adequado para o seu público e para o perfil de sua culinária, também é preciso pensar nos móveis que serão utilizados, uma vez que essa escolha influenciará diretamente no padrão do estabelecimento. Dessa forma, a experiência positiva de seus clientes será completa.

Gostou do conteúdo apresentado e deseja se aprofundar no assunto? Que tal conhecer sobre a melhor maneira para se montar um cardápio aos seus clientes? Continue no blog e boa leitura!

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais em Gastronomia

Copyright © 2017 Servir com Requinte • Franco Bachot Móveis . Desenvolvido por Agência YoOu.

Send this to a friend