Conecte-se conosco

Marketing

Veja 12 dicas para escolher o nome do seu estabelecimento

Escolher o nome do estabelecimento não é mesmo nada fácil, mas, ainda assim, é essencial. Junto ao tom de voz e ao slogan, o naming — processo de criação do nome de uma empresa — compõe a sua identidade verbal, dando início ao posicionamento de marca em um projeto de branding.

Além disso, o nome e a identidade escolhidos serão carregados por algum tempo, e uma mudança significa custos de sinalização, placas, cardápios e peças de divulgação. Portanto, o ideal é se dedicar a isso com cuidado.

Neste post, veremos a importância de escolher o nome do estabelecimento e, para isso, trouxemos 12 dicas para ajudar nesse desafio. Se você pretende montar um negócio de alimentação, como bar, café, lanchonete ou restaurante, continue a leitura para escolher um nome sugestivo!

A importância e o impacto de um bom nome

Denominar uma marca não deve ser visto como uma tarefa de menor importância. O nome é algo permanente, que não pode ser alterado facilmente — como no caso de uma embalagem, preço ou campanha publicitária, por exemplo. Ele cria outras associações, então, devemos ser rigorosos ao fazer essa escolha.

O nome é a representação do espírito, da personalidade da empresa — e, quando criado de forma adequada, pode alavancar o crescimento da marca. É uma forma personalizada de conectar pessoas, negócios e assim estabelecer laços mais duradouros.

Justamente por isso, sabemos que escolhê-lo não é uma tarefa simples. Trata-se de um processo que requer conhecimentos específicos e a realização de muitas pesquisas, análises e várias tentativas. Somente assim será possível chegar a uma nomenclatura que torne sua marca única e autêntica, lembrada pelos consumidores.

Como escolher o nome do estabelecimento

De modo geral, nomes corporativos evocam uma imagem mental ou tentam provocar uma emoção. Para isso, devem ser simples, fáceis de aprender, significativos e diferentes (ou incomuns o suficiente) para atrair a atenção.

O diferencial da sua marca pode ser um nome inesperado ou extraordinário, portanto, pense grande e mantenha-se aberto a todas as possibilidades. Combinar palavras em frases, criar palavras novas e considerar símbolos são algumas opções para obter um nome autêntico.

Você pode, inclusive, caminhar na contramão do mercado para se tornar uma referência no seu setor, assim como fizeram alguns gigantes corporativos, como a Apple. O importante é conseguir representar o seu estabelecimento para o público de forma direta e eficiente.

David Aaker, autoridade mundial no assunto e autor de vários livros renomados, explica em seu livro Brand Equity: gerenciando o valor das marcas, que um bom nome deve:

  • ser de fácil aprendizagem e memorização, o que exige que ele seja, entre outras coisas, interessante, pouco usual, significativo, pronunciável em diversos idiomas, soletrável e que evoque alguma imagem visual;
  • sugerir a classe do produto, elevando a lembrança do nome, mas sem ser incompatível com outros empreendimentos futuros;
  • suportar um símbolo ou slogan;
  • sugerir associações desejáveis para a marca, e que sejam autênticas;
  • evitar associações danosas para a marca, bem como não incitar falsas expectativas ou promessas levianas;
  • ser característico, gerando unicidade e evitando ser confundida;
  • poder ser protegido legalmente.

12 dicas que vão ajudar na escolha de um nome para o seu negócio

Trouxemos essas dicas para explicar que a escolha de um bom nome para o estabelecimento tem muitos detalhes que você não pode ignorar. Além disso, há registros e formalizações importantes para garantir o domínio sobre o nome escolhido.

Entenda melhor os passos que você pode seguir para encontrar um nome de sucesso que represente bem a história do seu negócio!

1. Explore o briefing criativo

Escreva um breve manual de instruções delineando seus critérios para a definição do nome. Nesse “roteiro de marca”, considere seu objetivo de nomeação, posicionamento, consumidores-alvo, concorrência e experiência.

Pense na personalidade da sua marca. Ela é “divertida e brincalhona”, “inteligente e acessível”, “simpática”? Liste palavras como essas para explorar e palavras ou temas para se evitar. Algumas dicas para esse brainstorm incluem:

  • divirta-se com nomes legais;
  • liste todas as suas ideias, desde as melhores até as piores;
  • use as melhores fontes de nomeação — dicionários de sinônimos, imagens, glossários de termo e até o Google e sites como IdiomConnection, Wordoid, RhymeZone, Wordnik e Visuwords.

2. Priorize nomes de fácil memorização

Como dissemos, o nome de uma marca deve ser construído de maneira que seja facilmente memorizável. Para isso, deve-se seguir as recomendações abaixo:

  • ser diferente ou fora do comum;
  • sugerir algo de interessante (rima, figura de linguagem, sentido de humor etc.);
  • sugerir uma imagem mental;
  • ter um sentido específico;
  • provocar alguma emoção;
  • ser simples.

3. Pense em um símbolo ou slogan

Os símbolos e slogans podem ser uma forma mais fácil e eficiente de diferenciar seus produtos ou serviços dos de seus concorrentes. Eles podem ir desde formas geométricas e objetos até alimentos, embalagens etc.

Exemplos de símbolos que funcionam como indicador principal da marca são o da Sony e da IBM — a memória rapidamente remete ao negócio assim que o símbolo é visualizado.

4. Gere associações

O uso de metáfora é a forma ideal para gerar associações, uma maneira de comunicar ideias muito complexas. A bateria DieHard, por exemplo, é uma metáfora que sugere que a bateria é como uma pessoa ou planta “difícil de matar”.

Essas associações podem incluir atributos de um produto, benefícios ao cliente, preço relativo, clientes, celebridades ou porta-vozes, estilo de vida ou personalidade, classe de produto, concorrentes e até áreas geográficas. Seja como for, elas ajudam os clientes a:

  • processar e recuperar informações;
  • diferenciar a marca;
  • gerar uma razão para comprar;
  • criar atitudes ou sentimentos positivos;
  • fornecer uma base para extensões.

5. Atente-se a jogos linguísticos

Marcas que usam ou derivam de palavras comuns também funcionam bem, como “perfume obsessivo”, “tecnologia Mayday”, “support” ou “Kryptonite locks”. Esses nomes comerciais simples e evocativos envolvem os consumidores e facilitam a sua conexão com a marca.

Do contrário, nomes corporativos difíceis de pronunciar— como Xobni, Sur La Table, Eukanuba e Iams — contrastam com marcas claras e diretas. Podem parecer criativos, mas acabam não envolvendo facilmente os consumidores, podendo até confundi-los.

Por isso, tome cuidado com nomes que são difíceis de soletrar, pronunciar ou mesmo decifrar. As pessoas buscam facilidades até mesmo na hora de memorizar um nome e você pode perder clientela exatamente por esse motivo.

6. Evite nomes restritivos

Um nome errado pode confinar sua empresa a certo tipo de produto ou serviço. A Canadian Tire, por exemplo, que começou como uma varejista de pneus, agora vende uma variedade de mercadorias — incluindo esteiras, torradeiras, brinquedos e telescópios —, mas você não sabe disso pelo nome.

Para contornar isso, nos anos 80 a empresa chegou a usar o slogan apologético: “Há muito mais na Canadian Tire do que pneus”. Outro exemplo é a 1-800-FLOWERS, que também vende “doces, frutas, cestas de presentes, ursinhos de pelúcia e muito mais”.

7. Registre o nome do seu restaurante

Outra questão que devemos ter em mente ao escolher um nome diz respeito à sua disponibilidade, em termos legais. É preciso verificar se não há produtos, lojas ou marcas com um nome igual ou semelhante.

A marca está entre os mais importantes patrimônios de uma empresa. Por isso, é de extrema importância registrar o nome do seu restaurante e o seu domínio (o endereço de um site na internet).

No geral, todo sinal distintivo (palavra, figura ou símbolo) visualmente perceptível, que identifica e distingue produtos e serviços, pode ser registrado como marca. O seu registro pode ser feito pelo site do Instituto Nacional de Propriedade Intelectual (INPI), enquanto o do site pode ser feito no Registro.Br.

8. Faça um brainstorming

A expressão “chuva de ideias”, que representa a tradução para brainstorming, é um método utilizado para reunir todas opiniões sobre um determinado assunto, onde cada um expressa o que sente ou pensa para ajudar no processo criativo. Nesse caso, a proposta deve contar com a participação de todas as pessoas que estejam, direta ou indiretamente, ligadas ao negócio para sugestões de nomes ou situações que possibilitem a criação de um nome para o seu negócio.

As melhores ideias podem nascer de momentos despretensiosos ou até mesmo de assuntos completamente diferentes. Crie um ambiente descontraído, eleja alguém para anotar as sugestões e estimule a contribuição de todos.

Faça quantos encontros julgar necessário até que você tenha em mãos um volume considerável de ideias para realizar um filtro. Selecione o que mais se aproxima do negócio e faça combinações de palavras ou expressões até chegar a um nome.

9.  Consulte um domínio disponível

Se você encontrar “o” nome para o seu estabelecimento, não poderá utilizá-lo sem antes verificar se o domínio está disponível. Isso quer dizer que na internet é preciso que o domínio esteja liberado para que você consiga desenvolver um site e colocá-lo no ar.

Essa etapa é muito importante para você não perder tempo criando um domínio já existente. Pesquise antes para evitar retrabalho ou perda do processo criativo, além do risco de ter um bloqueio de ideias.

Na própria internet você pode realizar pesquisas específicas, considerando parte do nome escolhido — uma precaução, se você não deseja se frustrar por perder um nome já escolhido.

10. Conheça o perfil dos seus clientes

Alguns estabelecimentos têm nomes que são a “cara” dos clientes que os frequentam. Em muitos casos, as características do público que se deseja atingir interferem totalmente na escolha do seu nome.

Para públicos específicos, com particularidades distintas, será bom conhecer a fundo o perfil e identificar detalhes que ajudem a associar a marca ao que eles gostam.

Por exemplo: um restaurante ou um bar com uma decoração rock in roll atrairá um público que aprecia esse tipo de música, logo, algo como Beatles Bar ou Metallica’s Lounge será bem-vindo e criará uma identificação imediata com a potencial clientela.

Entenda o seu público em potencial e do que ele mais gosta. Queira conhecer seus gostos, seus hábitos de vida e de consumo, idade, poder aquisitivo, localização, preferências — uma boa pesquisa de mercado pode trazer informações com riqueza de detalhes.

A pesquisa de mercado revela muito sobre os frequentadores de bares e o que faz com que eles sejam fiéis a um determinado espaço. Há um conjunto de fatores, mas a identificação com o nome e a marca produz um efeito bem consistente e pesa na decisão de um cliente.

11. Localização

Por falar em localização, esse talvez seja um dos melhores direcionamentos para a escolha de um nome para o seu negócio, pois a mente humana é associativa e identifica mais facilmente um estabelecimento pelo local onde está instalado. Vamos pensar que o local onde você deseja estabelecer seu negócio seja perto de uma subestação de energia ou da principal ponte da cidade — seria bem sugestivo frequentar o Bar da Torre ou Bar da Ponte.

Muitos bares são abertos próximos a faculdades e miram em um público jovem, que gosta de se reunir depois das aulas. Uma ideia muito legal é criar uma espécie de extensão, ou seja, suponhamos que na faculdade as salas estejam numeradas até 20 — quando alguém pergunta onde fica a Sala 21, possivelmente encontrará a turma em um bar, se divertindo.

Uma referência já conhecida pode ajudar a fortalecer o nome do estabelecimento e fazer com que os clientes se tornem assíduos frequentadores, tornando um local um point de encontro para festejar com os amigos.

12. Observe a criatividade dos concorrentes

A concorrência não é um termômetro apenas para medição de atendimento e de preferência dos clientes. Como o nome faz muita diferença para ganhar a memória do público, estudar os nomes dos bares e restaurantes concorrentes ajudará você a identificar as práticas da atualidade.

As postagens e os perfis nas redes sociais dizem muito sobre um estabelecimento. Em tempos de selfies e hashtags com marcações de lugares e pessoas, será fácil observar as tendências do momento.

Fique de olho nas expressões que compõem a legenda de uma postagem e como as pessoas se referem ao local pelo nome. É possível que a junção de diversas palavras, expressões e nomes já existentes sejam elementos importantes para a criação do nome do seu empreendimento.

Inspirações para definir um nome

As ideias para encontrar um nome autêntico podem brotar de uma reflexão interna ou a partir da inspiração. Desde que você seja criativo e não copie o nome utilizado por um concorrente, será válido considerar diversas opções, mesmo aquelas já definidas em outros negócios.

Veja alguns nomes interessantes para se atribuir a um bar ou a um restaurante prestes a ser inaugurado!

  • Bar Top
  • Zen Bar
  • Sabor Brasileiro
  • Brasileirinho
  • Laboratório
  • Entre Amigos
  • Retrô Bar
  • Bom Beer
  • Salve Beer
  • Space Pub
  • Rock Bar
  • Harley Bar
  • Bar Lounge
  • Aconchego Bar
  • Fim de tarde Bar
  • Saideira Bar
  • Japa Bar
  • China Lounge
  • Vegan’s Bar
  • Cantinho Vegano
  • Bar da Montanha
  • Bar da Praça
  • Alquimia’s Bar

Como podemos ver, escolher o nome do estabelecimento é algo muito importante e que deve ser pensado com cuidado. Essas são apenas algumas sugestões, pois existem diversas possibilidades.

Com todas as nossas dicas, agora você já sabe como escolher um nome para bar e pode colocar em prática o plano de negócio próprio. Certamente será bem mais fácil, considerando as etapas de criação e abertura de uma empresa, seguidas de um nome forte para ganhar o mercado!

Gostou do post? Agora, para fechá-lo com chave de ouro, que tal deixar um comentário com sua opinião sobre o assunto? Divida o aprendizado com a gente e com o nosso público!

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Propaganda
Propaganda
Propaganda

Facebook

Mais em Marketing

Copyright © 2017 Servir com Requinte • Franco Bachot Móveis . Desenvolvido por Agência YoOu.

Send this to a friend