Conecte-se conosco

Destaque

Especial COVID-19: saiba como escolher a embalagem para seu delivery

O delivery foi uma das modalidades de atuação que se tornaram indispensáveis durante a pandemia de COVID-19. No entanto, especialmente nesse período, é muito importante que os donos de restaurante se preocupem em fazer escolhas seguras para enviar seus pedidos.

Por isso, este conteúdo reúne as dicas mais relevantes sobre como escolher embalagem para delivery em tempos de uma crise sanitária. Neste post, você vai descobrir o tipo ideal de material para cada alimento, avaliando sua segurança e praticidade, além de conferir algumas boas práticas na hora de embalar as entregas. Confira!

Material para cada tipo de alimento

A finalidade principal da embalagem é proteger o alimento, isso é óbvio. Mas nem todas elas cumprem com esse requisito. Para proporcionar a melhor experiência para o cliente e conferir segurança à entrega, é preciso observar alguns detalhes.

Embalagens grandes ou pequenas demais podem fazer com que a comida se misture antes mesmo de chegar ao destino ou, pior, vaze, ocasionando a perda total ou parcial do produto. O ideal é que o recipiente para transporte seja compatível com o tamanho e a consistência do alimento, e que o material conserve a temperatura dele.

Aqui vão algumas opções dos principais tipos de embalagem e as suas características:

  • isopor — mais barata, porém pode ser prejudicial para a saúde e não é sustentável, além de abafar os alimentos, interferindo na sua crocância;
  • plástico — aumenta a visibilidade do produto, com preço acessível, porém é um material bastante poluente;
  • papel — não contamina os alimentos, pode ser reciclado e protege adequadamente o produto, além de ser facilmente personalizado;
  • alumínio — ideal para alimentos quentes, pois conserva a temperatura e pode ser levada ao forno. Porém, por ser bastante maleável, pode prejudicar a vedação do produto.

Segurança do alimento

Usar um único tipo de embalagem também é um erro que deve ser evitado. Uma porção de batatas fritas, por exemplo, não pode ser transportada no mesmo pacote que uma sopa. Assim, além de o cliente ter uma péssima experiência, ainda correrá o risco de receber um produto frio — ou nem receber, no caso de vazamentos.

Assim como o uso de materiais adequados para cada tipo de alimento, conferir a qualidade das tampas e acabamentos também faz parte de como escolher embalagem para delivery. Embalagens frouxas ou demasiadamente frágeis não são, nem de longe, indicadas para o transporte de alimentos.

Evitar vazamentos e incidentes é importante para eliminar eventuais riscos de contaminação. Principalmente em época de pandemia, imagine o que aconteceria se o entregador chegasse até o cliente com o produto vazado e em contato direto com as suas mãos? Provavelmente, o consumidor sequer aceitaria a entrega ou, se aceitasse, estaria exposto ao risco de se contaminar.

Praticidade para o cliente

A combinação de segurança com praticidade também é muito importante. Pense em como será o manuseio da embalagem até o destino e na recepção do produto, se será fácil abrir o recipiente e, principalmente, consumir o que está dentro dele.

Se a comida for congelada, por exemplo, é preciso optar por uma embalagem de alumínio. Se estiver quente, é bom que haja algo para evitar que o cliente se queime ao pegá-la.

Além disso, uma boa apresentação, com os itens adequadamente separados, é altamente indicada para facilitar o consumo. Aqui vão algumas dicas para fazer com que os produtos cheguem no melhor estado para o cliente:

  • coloque porções, sobremesas e acompanhamentos em embalagens de fechamento manual, com encaixe na tampa;
  • acomode as frituras em recipientes com respiro, para não abafar e comprometer a crocância, fazendo o alimento murchar;
  • opte por embalagens seladas e com lacres para entregar pratos com molho. Isso vai manter a temperatura e evitar vazamentos.

Assim, quando o cliente abrir a embalagem, tudo estará em ordem.

Alinhamento com a marca

Parte de como escolher embalagem para delivery diz respeito ao alinhamento desse produto com a marca do restaurante. Se você quer que o seu estabelecimento seja visto como responsável e seguro, isso precisa estar presente na forma como você embala e entrega seus pedidos.

Em tempos de pandemia, existem muitas opções que podem ser exploradas, como a confecção de folders ou adesivos informativos com cuidados e boas práticas de higiene que o cliente deve seguir antes e depois de receber o produto.

Outra opção é colocar uma pequena etiqueta ou um selo, informando que o produto é seguro, pois passou pelas etapas x, y e z de higiene, e assim por diante.

Boas práticas na embalagem dos alimentos

Além do cuidado no momento de escolher a embalagem para delivery, é preciso estar atento ao manuseio desses recipientes, especialmente na montagem dos pratos ao embalar tudo. O uso de EPIs adequados é primordial para evitar a contaminação do alimento por vírus e bactérias, não só durante a pandemia, mas sempre. As luvas e máscaras são indispensáveis nessa etapa.

Também é preciso guardar as embalagens em um local seguro, seco e limpo, mantendo a integridade do material. Da mesma forma, é preciso que o profissional que realizará a entrega também cumpra com procedimentos de higiene e segurança, como utilizar álcool em gel antes e depois de entregar o produto para o cliente, por exemplo.

A separação dos tipos de alimentos nas embalagens também faz parte das boas práticas no manuseio desses produtos. É crucial que doces e salgados sejam devidamente afastados, assim como aqueles alimentos secos e os que levam molho. Essa é uma questão de segurança, para evitar vazamentos, mas também de qualidade, já que a mistura dos itens pode prejudicar o sabor da comida.

Por fim, procure adotar o uso de lacres de segurança em todos os itens. Bebidas e produtos líquidos, em geral, tendem a derramar com o movimento e o lacre ajuda a evitar esse tipo de transtorno. Além de demonstrar que o produto não foi violado, os lacres podem ser um ótimo local para divulgar a logo do restaurante.

Donos e gestores de restaurantes devem estar atentos às medidas de segurança pertinentes durante a época de pandemia de COVID-19. A preocupação do estabelecimento com a saúde dos consumidores e da sua equipe é crucial, seja durante a preparação, a embalagem ou no translado de pedidos até o cliente.

Se você gostou deste conteúdo sobre como escolher embalagem para delivery e quer conferir outras dicas para melhorar o desempenho do seu negócio durante a pandemia, confira, em seguida, como melhorar o atendimento ao cliente de forma remota em restaurantes!

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Propaganda
Propaganda
Propaganda

Facebook

Mais em Destaque

Copyright © 2017 Servir com Requinte • Franco Bachot Móveis . Desenvolvido por Agência YoOu.

Send this to a friend