Conecte-se conosco

Gestão

6 dicas valiosas para um gestão financeira em hotéis eficiente

A má gestão financeira em hotéis pode comprometer o desempenho do negócio — mesmo que a taxa de ocupação esteja entre as mais altas. Isso acontece, principalmente, por causa da falta de conhecimento e visão estratégica por parte dos gestores.

Não é novidade que qualquer empresa mereça atenção quando o assunto envolve suas finanças. Independentemente do porte do seu hotel, a cidade onde ele está ou o tempo de mercado, é necessário adotar boas práticas financeiras para dar continuidade ao negócio.

Neste artigo, você vai conhecer 6 dicas de gestão financeira em hotéis. Saiba como fazer suas contas ficarem no azul e a preparar seu hotel para voos mais altos!

1. Faça o planejamento financeiro

O planejamento financeiro é uma ferramenta indispensável para quem deseja atuar de maneira estratégica. É muito importante que, antes de separar a calculadora e abrir uma planilha no computador, você compreenda o cenário atual do seu hotel.

Avalie os caminhos que podem ser adotados e liste o que será necessário para alcançar seus objetivos — inclusive os recursos financeiros. É a partir disso que você determinará a base para o crescimento saudável do hotel.

Suas receitas e despesas serão geridas com maior eficácia, facilitando a análise dos gastos que podem ser reduzidos ou eliminados. Dessa maneira, torna-se mais prático prever a saúde financeira do negócio nos próximos meses.

2. Controle o fluxo de caixa

O fluxo de caixa é a peça central da gestão financeira em hotéis. Para que ela continue em bom funcionamento, será necessário estabelecer uma política de controle de entradas e saídas.

O controle do fluxo de caixa deve ser feito com certa frequência. Você pode estabelecer, por exemplo, uma checagem mensal e prever os próximos 12 meses. Para isso, saiba qual é o saldo atual de todas as contas da empresa.

Registre as contas a pagar e a receber e acompanhe os vencimentos de perto. Evite o pagamento de multas e juros por atraso e garanta que seus clientes façam o pagamento sempre em dia.

3. Conheça seus custos e despesas

Atenção ao dinheiro que sai do caixa! Para fazer uma eficiente gestão financeira em hotéis, é necessário contabilizar até o açúcar comprado para adoçar o café.

As boas práticas de gestão podem começar por um levantamento de todos os custos e despesas do hotel. Sem isso, será difícil garantir os recursos necessários para, por exemplo, a expansão do negócio e, às vezes, até o pagamento de algumas contas básicas.

Reúna informações de todas as áreas do hotel. Utilize uma planilha e separe, por exemplo, os gastos isolados dos recorrentes. E dê nome às despesas. Além da quantia, saiba o porquê de ter pago cada conta identificada.

4. Tenha um calendário de pagamentos

A organização é um atributo essencial para a gestão financeira em hotéis. Mas com tantas contas e prazos, é comum esquecer de um detalhe ou outro. Por isso, conte com o apoio de uma ferramenta que o ajude nesse sentido: o calendário de pagamentos.

Planilhas, aplicativos ou programas de computador, esse calendário o ajuda a não se perder durante o cumprimento das obrigações financeiras do negócio.

Lembre-se de que o objetivo é evitar gastos extras com o pagamento de multas e juros por atraso. Sendo assim, elabore um calendário com todos os pagamentos e crie alertas para que você ou o responsável financeiro não perca o prazo.

Esquecer o pagamento de algum imposto pode gerar constrangimentos e, em casos mais graves, interdições e até o fechamento do hotel.

5. Faça uma boa gestão de estoque

O estoque de alimentos e outras mercadorias para revenda precisam de recursos que financiem sua compra e reabastecimento. Se não há um controle desse tipo, em algum momento ocorrerá ruptura e seus hóspedes serão os primeiros a notar.

Na gestão financeira em hotéis, também é fundamental controlar tudo o que você mantém em estoque. Os produtos que ali estão são parte do seu capital e, deixar que estraguem, significa perder dinheiro.

A organização dos alimentos, por exemplo, deve privilegiar os que têm vencimento próximo. Por isso, converse com a equipe de cozinha para que o cardápio valorize esses produtos para que não aconteçam desperdícios e perdas financeiras.

6. Determine objetivos e trace metas

Como você imagina seu hotel daqui a cinco anos? Acompanhe o mercado para descobrir tendências e ver quais são os produtos e serviços mais populares entre os hóspedes.

Saiba também o que a sua região oferecerá no futuro em infraestrutura e estímulo ao turismo para adequar a capacidade do seu hotel às novas demandas. Determine os objetivos que deverão ser cumpridos nos próximos meses e até anos.

Para facilitar o cumprimento deles, separe cada um e divida-os em grupos de metas. Cada passo rumo à concretização de um objetivo é uma meta que deverá ser alcançada.

Sabemos que esses passos também envolvem estratégias para aumentar a receita do hotel e garantir os recursos necessários para seus objetivos.

Listamos, a seguir, algumas dicas rápidas. Confira!

  • Ofereça valor: o hóspede espera ter exatamente o que está pagando. Por isso, ofereça benefícios que justifiquem a estadia em seu hotel;
  • dinamize a utilização da estrutura: crie um programa com atividades diversas que estimulem a ocupação. Você pode pensar, por exemplo, em um day use;
  • aposte no marketing digital: conheça as diferentes soluções e canais que são oferecidos pela internet para divulgar seu hotel;
  • crie campanhas segmentadas: ofereça serviços específicos para determinados públicos, como os recém-casados.

O cumprimento dos seus objetivos e metas também depende do acompanhamento de indicadores hoteleiros — dados apurados sobre diferentes aspectos do negócio que ajudam a mostrar o estado real de sua situação.

Esses indicadores servem também para acompanhar resultados, descobrir problemas e identificar oportunidades de melhoria. Dentre eles, é possível medir a taxa de ocupação, a taxa média diária, o total de receitas por acomodação disponível e o índice de satisfação dos hóspedes.

É necessário conhecer detalhadamente os diferentes indicadores hoteleiros e saber também como mensurá-los!

A boa gestão financeira em hotéis depende do seu esforço como gestor. É preciso controlar cada centavo que entra e sai das suas contas para alcançar seus objetivos por meio de estratégias práticas, viáveis e realistas.

Para que você continue fazendo uma boa gestão financeira e aumente a receita do seu negócio, baixe agora o e-book sobre mobiliário para hotéis. Você vai saber como escolher mesas e cadeiras de boa durabilidade e que estão alinhadas com o propósito da sua empresa!

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Propaganda
Propaganda
Propaganda

Facebook

Mais em Gestão

Copyright © 2017 Servir com Requinte • Franco Bachot Móveis . Desenvolvido por Agência YoOu.

Send this to a friend